Referência da osteopatia no Brasil

Referência da osteopatia no Brasil

Antônio José Docusse Filho fundou o próprio instituto educacional visando superar o desafio de qualificar novos profissionais

entrevista na integra do diretor do Instituto Docusse de Osteopatia e Terapia Manual para a revista O OSTEOPATA.

Fisioterapeuta pela Universidade Estadual Paulista (Unesp), de Presidente Prudente (SP), Antônio José Docusse Filho é um dos primeiros osteopatas brasileiros formado pela Escola de Osteopatia de Madrid, no ano 2000. Naquela época, ingressou na carreira docente e, com a experiência adquirida, fundou o ...

Continue lendo...

Osteopatia no mundo

Osteopatia no mundo

Frederic Delater DO MRO (Br)

Olá!

É com muito prazer que estou escrevendo! A ideia é de se encontrar por meio destas linhas para falar sobre nossa profissão e sua evolução em todos os países.

Como é a primeira, decidi abordar o mais recente país a reconhecer nossa profissão: Portugal.

Historicamente, a osteopatia veio de Portugal, no final dos anos 70, por intermédio do Doutor Mario Alberto Borges de Souza, que se formou na África do Sul. Como ...

Continue lendo...

A aplicação da osteopatia

A aplicação da osteopatia

Em janeiro de 2008, comecei a atender dois peões de rodeio, Turu e Rogério Ferreira, que eram competidores da PBR (Professional Bull Riders). No dia 15 de abril de 2008, o diretor do Instituto Docusse de Osteopatia e Terapia Manual (IDOT), Antonio José Docusse Filho, recebeu um convite para trabalhar em um rodeio da PBR em Londrina (PR); nessa etapa, o Dr. Docusse me convidou para trabalhar com ele.

A PBR é uma empresa norte-americana que promove competições ...

Continue lendo...

Osteopatia transformando vidas!!

Osteopatia transformando vidas!!


Aluna Denize Aragão afirma que estudos no IDOT contribuíram para melhoria da sua prática profissional

A trajetória da fisioterapeuta Denize Aragão tem como marco inicial a graduação na Universidade Maurício de Nassau (Londrina – PR) em 2010. Desde então, ela vem investindo na formação acadêmica e já realizou vários cursos, dentre eles: Pós-graduação em Fisioterapia em Intensivismo (UNICAP), Especialização em Osteopatia Estrutural (ÉBOM) e Formação em Pilates (MESOSPILATES).

No IDOT, a fisioterapeuta buscou se qualificar ainda ...

Continue lendo...