Problemas respiratórios, como agir?

Este ano, tivemos períodos de clima extremamente secos e, consequentemente, chegam aos consultórios pacientes com quadros de dificuldades respiratórias, frequentemente ocorrendo em crianças e em menor proporção também em adultos. O clima seco provoca ressecamento e agressão da mucosa, que, por simples resposta fisiológica, aumenta a produção de muco e, por consequência, as vias aéreas ficam mais congestionadas.

Por vezes e para alívio dos sintomas, acabamos utilizando soluções que retiram o muco para ter um melhor fluxo de ar, o que acontece momentaneamente, pois, em seguida, a produção de muco aumenta e a área fica ainda mais inflamada. O uso de medicamentos para cessar as tosses também é a opção de algumas pessoas, principalmente quando já estão com a garganta inflamada.

O que pode ser feito então?


Primeiramente, devemos entender que esses mecanismos fisiológicos são formas de o próprio corpo se autorregular, propiciado pelas células mucossivantes. Sendo assim, não é interessante tirar todo o muco local, apenas o que por ventura venha a dificultar a respiração do paciente. Para isso, o simples uso de nebulizadores com soro fisiológico ou pedir ao paciente para usar o vapor da água durante um banho mais prolongado faz com que a secreção fique menos espessa e mais fácil de ser excretada, diminuindo também as tosses que podem gerar dores de garganta ao paciente.

O aproveitamento de alho e cebola, picados ou macerados, para o paciente poder inalar em um recipiente fechado ou colocados ao lado do paciente durante a noite ajuda esses quadros a se resolverem mais rapidamente, pois a alicina presente nesses alimentos funciona como um elemento de controle do quadro inflamatório ou infeccioso, sem cortar a fase que irá ocorrer, mas promovendo maior conforto ao paciente. Podem-se utilizar também cápsulas de alho ou chá da casca da cebola. Caso use a cebola no ambiente, ela deve ser desprezada todos os dias.

O gengibre é mais uma ótima ferramenta, seja na alimentação ou em chás, para quem tem a tosse seca. Por fim, caso haja inflamação de garganta, pode-se usar uma solução de limão com mel para proteção da mucosa.